19 de Junho de 2021 | 11:47
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/12709_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 13 de Maio de 2021 - 13:21
Fonte A - A+

Carreta com carga de arroz em MS escondia 7,7 toneladas de maconha e mais 14 kg de skank, afirma polícia

Abordagem ocorreu na rodovia MS-162 e, na ocasião, o motorista estaria agitado, conforme os policiais. Eles decidiram fazer a vistoria no veículo e então encontraram a carga de droga escondida em meio ao arroz.

Equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreendeu, na tarde dessa quarta-feira (12), em Sidrolândia, a 63 km de Campo Grande, uma carreta carregada de arroz com 7,7 toneladas de maconha e mais 14 kg de skank.

Segundo os policiais, o veículo de cor branca, acoplado a um semirreboque vermelho, estava com a carga de arroz com casca e, escondido, havia mais 240 fardos prensados de maconha. A abordagem ocorreu na MS-162, durante patrulhamento ostensivo da Operação Hórus, uma parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Na ocasião, os militares identificaram o condutor da carreta, um homem de 30 anos de idade. Ao falar, ele se demonstrou "agitado e com informações imprecisas sobre seu trabalho na região". Os policiais então decidiram fazer a vistoria no veículo e localizaram o ilícito, descobrindo que o carregamento do arroz ocorreu em uma cerealista na cidade de Itaporã, juntamente com a droga.

O veículo, bem como o suspeito, foram levados para a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), em Dourados, região sul do estado. Ele deve ser indiciado pelo crime de tráfico de drogas, com pena que varia de 5 a 15 anos de prisão.


Quem quiser fazer denúncias no DOF ou até mesmo dúvida ou reclamações, pode entrar em contato pelo telefone 0800 647-6300. A ligação será mantida em absoluto sigilo e o serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
G1MS

social aqui