18 de Setembro de 2019 | 08:13
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/9873_4.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Colunistas
Noticia de: 06 de Setembro de 2019 - 10:14
Fonte A - A+

Juventude Nova Onda promove campanha alusiva ao Setembro amarelo

Com cartazes de “Abraço Grátis”, “você é importante” jovens de Igreja Evangélica evangelizam enfrente a escolas do município.

A Juventude Nova Onda está promovendo a Campanha de prevenção ao Suicídio. Dentro da programação, estão sendo realizadas ações de evangelização nas escolas do município, com cartazes “VOCÊ É IMPORTANTE”, “ABRAÇO GRÁTIS”, “VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO”.

Segundo o Pastor Fabio Acosta o foco das ações desenvolvidas pela Juventude durante o Setembro amarelo será o público, no qual vem aumentando o número de casos e de tentativas de suicídios. “Nos acreditamos em um atmosfera onde essas circunstâncias são superadas. Onde a tristeza não domina a nossa mente e onde somos insperados por Deus. Queremos apresentar às pessoas o evangelho genuíno: o amor de Deus por nós, e nosso amor ao próximo.”

Durante todos os sábados do mês de setembro serão realizados cultos de prevenção ao suicídios, com palestras e ministrações voltadas para a prevenção.

Entenda: Campanha Setembro Amarelo

Hoje, o suicídio no Brasil já faz mais vítimas que a AIDS e mata mais do que vários tipos de câncer e, mesmo assim, muitas pessoas ainda não discutem o assunto e têm medo de encarar as doenças psicológicas que, muitas vezes, levam à morte.

O Setembro Amarelo é um projeto Global, nasce da preocupação com a saúde mental e busca a inclusão desse debate junto a sociedade, seja ela organizada, por meio de associações, escolas, universidades, igrejas ou outros centros comunitários, ou, até mesmo, levando esse debate a locais ainda desprovidos de uma organização legal.

Segundo uma pesquisa recente da OMS (Organização Mundial da Saúde), no Brasil, a cada 100 mil pessoas, quase sete tiraram a própria vida no ano de 2012, e a estimativa é de que no ano de 2020 cerca de 1,5 milhões de pessoas morrerão dessa forma.

 

Redação Diário do MS.

social aqui