19 de Fevereiro de 2020 | 02:38
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/9741_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Colunistas
Noticia de: 19 de Agosto de 2019 - 11:40
Fonte A - A+

TODO APOIO AO AGOSTO LILÁS, MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER.

A campanha Agosto Lilás foi criada em alusão ao aniversário da Lei, para defender os direitos da mulher em situação de violência. O Brasil ocupa hoje o 5º lugar no mundo no ranking de violência doméstica e enquanto isso acontecer, o debate deve permanecer em pauta, situação reforçada pela elevação atual das estatísticas! Procure ajuda

A vítima não deve se sentir culpada pelas agressões que sofre. É importante pedir socorro para que a situação não se torne mais grave. E não esqueça: outras mulheres já foram vítimas da mesma situação e também podem ajudar você a superar esta realidade.

Ofereça ajuda

Quando você tem conhecimento de que há violência doméstica, o recomendável é orientar a mulher a fazer a denúncia: a violência doméstica é crime, mas a omissão frente ao sofrimento e à violação dos direitos humanos das mulheres também é. Além disso, se a mulher sente-se acolhida no local de trabalho ou na família estará muito mais fortalecida para enfrentar o problema, o que é a essência da rede de proteção e apoio.

Como Denunciar

A denúncia pode ser feita pela Central de Atendimento à Mulher pelo número 180, um serviço público e confidencial, que funciona 24 horas por dia.

Em Sidrolândia foi criada a Primeira Sala Especial do estado de mato grosso do sul para atendimento à mulheres vítimas de violência.


Redação Diário do MS

social aqui