19 de Novembro de 2019 | 01:57
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/9262_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 24 de Junho de 2019 - 17:51
Fonte A - A+

Ministra quer menos protecionismo para fortalecer agricultura mundial

Tereza Cristina discursou na assembleia da FAO

Em discurso na assembleia da Organizao das Naes Unidas para a Alimentao e a Agricultura (FAO), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, defendeu a democratizao do acesso a alimentos para erradicar a fome no mundo com o fortalecimento do comrcio internacional e a diminuio do protecionismo dos pases ricos.

Para atingirmos esse objetivo [erradicao da fome], que j no mais utpico, temos que nos comprometer com ao menos dois pilares: adotar polticas pr-desenvolvimento, com a necessria promoo de um comrcio internacional livre e justo; e fomentar um ambiente que estimule a inovao, com a estrita aderncia a princpios cientficos, argumentou a ministra.

Ela disse agricultura, bioeconomia e agroindstria devem ser vistas como atividades relacionadas promoo do desenvolvimento. E que o estmulo dessas reas deve ser discutido no mbito de um comrcio internacional mais fortalecido e com menos barreiras.

O protecionismo em pases desenvolvidos tem ameaado a viabilidade de uma revoluo verde em pases em desenvolvimento, por exp-los competio injusta de bens subsidiados e por negar acesso a mercados consumidores importantes, afirmou.

A reduo desse protecionismo permitir, segundo a ministra, a melhoria das condies de vida das pessoas no campo, onde se concentra parte importante da pobreza mundial. A falta de oportunidades, ainda de acordo com Tereza Cristina, faz com que muitos moradores dessas localidades acabem se deslocando, estimulando o problema da migrao.

Tereza Cristina criticou o que chamou de populismo regulatrio e destacou que as regras para o comrcio internacional devem estar baseadas em critrios cientficos. Agora e no futuro, o sistema baseado em cincia e em regras claras dever transformar-se na fora que garantir alimentos abundantes e de qualidade, levando o concerto das naes a, pela primeira vez na histria, garantir a segurana alimentar de toda a sua populao, sem descuidar da preservao de nosso patrimnio ambiental, disse.

A assembleia marcou a sada do brasileiro Jos Graziano da Silva do comando da FAO. Ex-ministro do Combate Fome e Segurana Alimentar na gesto de Luiz Incio Lula da Silva, Graziano foi substitudo pelo chins Qu Dongyu.

Agncia brasil

social aqui