20 de Abril de 2019 | 06:02
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8688_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Geral
Noticia de: 04 de Abril de 2019 - 08:38
Fonte A - A+

Mulher morta a facadas estava há 30 anos com ex que não aceitava separação

Homem tinha comportamentos agressivos e mulher pedia separação

Nilce Elias da Rocha, 56 anos, ficou casada por 30 anos com Aderval Bento, 67 anos, conhecido como ‘Bugão’. Ela foi morta com cinco facadas, na manhã desta quarta-feira (3) na cidade de Naviraí, distante 359 km de Campo Grande. Aderval, principal suspeito do crime, não queria sair de casa. “Ela já havia falado sobre separação, mas ele falava que não iria sair de casa”, conta a delegada responsável pela investigação, Sayara Quinteiro Martins. Na manhã desta quarta, o homem desferiu cinco facadas na mulher. “Duas no peito e as outras pegaram na mão, quando ela tentava se defender”, afirma a delegada. A filha do casal estava na residência no momento do crime, uma jovem de 35 anos, com necessidades especiais. Ela acionou a polícia após encontrar o corpo da mãe no quarto. Depois do crime, Aderval fugiu em um veículo Corsa preto. “Ele ligou para amigos e vizinhos dizendo que tinha matado Nilce e fugiu”. A Polícia Civil já pediu a prisão preventiva do suspeito, que ainda não foi localizado. A delegada ouviu testemunhas, que confirmaram que o homem seria autor do crime. Uma espingarda foi encontrada na casa e apreendida. Nilce trabalhava como auxiliar de cozinha na Santa Casa da cidade e estava com Aderval há cerca de 30 anos. Eles oficializaram a união em 2013 e tinham uma filha de 35 anos. O homem, que prestava serviços como pedreiro, apresentava comportamentos agressivos e a mulher pedia a separação. midiamax

social aqui