20 de Julho de 2019 | 21:14
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8557_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 15 de Janeiro de 2019 - 08:34
Fonte A - A+

Tentaram furtar Banco do Brasil ‘para ir à praia’, mas acabam presos pelo Garras

Tentativa furto aconteceu no fim de 2018

“Se tivesse dado certo, estávamos na praia”. Dando risadas, como se não fosse grande coisa tentar furtar uma agência bancária e terminar preso dias depois pelo Garras (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) Johnny Menix Rodrigues contou o que faria com o dinheiro, caso a empreitada, o furto da agência do Banco do Brasil, na avenida Eduardo Elias Zahran, tivesse dado certo. Ele foi preso nesta segunda-feira (14), junto com Alessander Fleitas (sim, com L) Laranjeira.

Os envolvidos foram ‘apresentados’ pelo Garras e, aproveitando os 15 minutos de fama entre os jornalistas, Johnny confirmou que tentou assaltar o banco e contou os planos para o dinheiro: dividir com os colegas “cerca de 50 mil para cada um”, gastar, ir para a praia e até investir para o futuro. Diante do descaramento, os comparsas disseram não conhecer Johnny. Eles ainda disseram não ter envolvimento na tentativa de assalto.

O terceiro integrante do grupo, Roger Bernardino Dias, ficou para trás na data da tentativa de furto, 31 de dezembro, e foi preso pelo Bope (Batalhão de Operação Especiais da Polícia Militar). De acordo com o delegado João Paulo Sartori, após a prisão do primeiro envolvido e investigações do Garras, os dois suspeitos foram presos, em suas casas, nesta manhã.

Na residência de um deles foi encontrada a ferramenta utilizada para tentar arrombar o cofre do banco e, com o outro, o veículo utilizado. “Em poder do Jhonny encontramos a esmerilhadeira e a máscara. Com o Alessander, o veículo Uno utilizado na ação”, explica o delegado.

Sobre a máscara, similar a utilizada, pelo personagem de filme V de Vingança, Jhonny também não se importou de responder. Disse que não usou na tentativa de assalto e que era ‘só de decoração’. Ele disse ainda ter usado em uma passeata a favor da legalização da maconha.

Conforme Sartori, Jhonny também participou da tentativa de furto de uma agência do Banco do Brasil, nas Moreninhas. A ação também não deu certo. Na tentativa que teve como alvo a agência da avenida Zahran, o alarme disparou. A ação foi similar a tentativa das Moreninhas: escalada, entrada pelo forro, tentativa de desarme do alarme e a utilização esmerilhadeira para abrir o cofre central.

Segundo delegado, grupo não conseguiu concretizar o assalto

“Eles são todos daqui, não tem qualificação e fica na tentativa. Nos últimos roubos que foram concretizados, os envolvidos eram de fora”, explica.

O delegado descartou a participação de funcionários fornecendo informações aos suspeitos e as investigações continuam, pois, mais duas pessoas podem estar envolvidas. Dois aparelhos celulares furtados na agência bancária também foram recuperados.


Fonte: Midiamax

social aqui