19 de Março de 2019 | 12:05
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8436_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 06 de Novembro de 2018 - 07:45
Fonte A - A+

Quinta vítima do dia, rapaz é assassinado com dois tiros no peito

Marlon Matheus da Silva Marques estava na casa de amigos no Portal Caiobá quando foi ferido. Ele chegou a correr por alguns metros, mas morreu antes de receber socorro

Um jovem de 21 anos foi assassinado a tiros na tarde desta segunda-feira (5) no Portal Caiobá, região sul de Campo Grande. Marlon Matheus da Silva Marques foi ferido por pelo menos dois disparo, correu por alguns metros e caiu em um terreno da Rua Cachoeira do Campo, onde morreu. O crime é a quinta morte violenta de ontem para hoje na Capital.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas narraram que Marlon é morador do Jardim Aero Rancho, mas estava na casa de amigos desde ontem, ingerindo bebidas alcoólicas. Nesta tarde no enquanto, moradores da região ouviram disparos e em seguida viram o rapaz correr já ferido, até cair no terreno de uma casa em construção.

Marlon morreu antes mesmo de ser socorrido. Conforme o delegado Edmilson Holler, da 6ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, a perícia encontrou dois ferimentos de tiro na região do peito da vítima e o autor não foi identificado.

Até o momento, ainda conforme Holler, a principal linha de investigação da polícia é de acerto de contas por dívidas de drogas, já que Marlos era usuário. “Mas nenhuma hipótese será descartada”, reforçou o delegado.

A namorada do rapaz, uma adolescente de 16 anos que está grávida de 5 meses dele, mora a poucos metros do local do crime e foi uma das primeiras a chegar ao local. Foi a mãe da menina que identificou o genro. Abalada, nenhuma das duas conseguiram falar com a imprensa.

Pai, mãe e irmã de Marlon também foram ao local e ficaram em estado de choque ao descobrirem sobre o crime. Emocionados, também optaram por não falar com a reportagem.

O crime ainda atraiu dezenas de pessoa ao terreno, que precisou ser isolado pela Polícia Militar para evitar que moradores se aproximasse. O policiamento também foi reforçado durante a perícia no local.

Jovem correu ferido até um terreno da Rua Cachoeira do Campo, onde morreu (Foto: Paulo Francis)

Mortes - Esse é o quinto caso de morte violenta em Campo Grande de ontem para hoje. Luiz Roberto Pereira dos Santos, de 26 anos, foi encontrado morto na noite de ontem (4), na Rua Napoleão Marques Siqueira, no Jardim Tijuca, também na região sul da cidade.

Conforme o delegado Christian Mollinedo, Luiz Roberto foi asfixiado por um travesseiro no quarto da casa em que morava. Como não havia sinais de arrombamento, a polícia acredita jovem foi assassinado por uma pessoa conhecida. "Tudo indica que os dois estavam usando droga. Ainda não se sabe a identidade do suspeito, nem a motivação do crime", falou o delegado.

Por volta das 5h desta segunda-feira (5), Dailo Souza Santos da Silva, 36 anos, foi encontrado morto com um tiro no peito, na Rua Vasconcelos Fernandes, entre a Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco. Não há câmeras de segurança na região e o suspeito do crime ainda não foi localizado.

Na noite de ontem (4), mulher de 29 morreu esfaqueada durante briga em bar, na Rua Crispim Moura, na Vila Nova Capital, em Campo Grande. Daniele Alencar Viegas foi socorrida à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Moreninha, mas não resistiu. Três irmãs suspeitas pelo crime estão foragidas.

Também na noite de domingo, a motociclista Natália de Matos Farias, 34 anos, morreu após colidir a motocicleta que conduzia no meio-fio e ser arremessada contra um pé de coqueiro. O acidente aconteceu na rotatória que fica no cruzamento das avenidas Duque de Caxias com a Jamil Nahas, na Vila Popular.


campograndenews 

social aqui