14 de Dezembro de 2018 | 23:47
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8341_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Geral
Noticia de: 04 de Outubro de 2018 - 08:48
Fonte A - A+

Após temporal, prefeitura mobiliza Solurb e coloca Agetran de plantão

Sisep inicia serviços de limpeza e contabiliza estragos causados por temporal

Rotatória da Rachid Neder teve parte do asfalto arrancado; Sisep iniciou limpeza pela cidade. (Foto: Anahi Gurgel)


A Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos de Campo Grande) mobilizou equipes da Solurb e da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para atuarem a fim de ajudar na contenção de danos e recuperação de prejuízos após o temporal que atingiu a cidade nesta quarta-feira (3). Equipes da pasta circulam pela Capital desde a tarde para efetuar a limpeza e rescaldo dos problemas.

Titular da pasta, Rudi Fiorese afirma que apenas depois dos trabalhos de limpeza será possível avaliar os prejuízos causados pelo temporal e um tempo para recuperação dos estragos. Ele já confirmou que uma parede de contenção da obra do Centro de Belas Artes cedeu.

Com um caminhão-pipa e pás-carregadeiras, trabalhadores da Sisep realizaram a limpeza da Avenida Nelly Martins (a Via Parque) no entorno do Parque das Nações Indígenas, onde o lago transbordou. A via precisaria ser lavada para retirar a terra e o mau cheiro.

Nesta quinta (4) deve ser realizada a reconstituição do gabião em um trecho do córrego Prosa que rompeu devido as enxurradas. Os mesmos serviços serão realizados nas Avenidas Rachid Neder e Ernesto Geisel, no São Francisco, um dos pontos mais atingidos: parte do asfalto foi arrancado na pista da direita da rotatória, deixando o trecho intransitável, e dois postes foram inclinados pela força das águas..

A Solurb recebeu solicitação para reforçar o serviço de limpeza de ruas e desobstrução dos bueiros. Já a Agetran vai manter equipes de plantão para garantir a segurança no trânsito, em especial nos locais nos quais os estragos foram maiores –devido a quedas de árvores ou transbordamentos. A agência também providenciou a religação de semáforos desligados devido a quedas de energia.

A todo, foram contabilizadas seis quedas de árvores pela Defesa Civil. O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos) registrou ventos de 71 km/h e 55 mm de chuva sobre a Capital entre as 13h30 e as 16h –ante 84mm em todo o mês de setembro– além da ocorrência de 180 raios por hora. A cidade registrou alagamentos em diferentes regiões.


campograndenews 

social aqui