16 de Outubro de 2018 | 20:48
redacao@diariodoms.com
-->
Geral
Noticia de: 03 de Outubro de 2018 - 08:32
Fonte A - A+

Habitação solicita comparecimento de quem já fez recadastramento para verificação do resultado da 1ª análise

Mais de 250 unidades serão construídas para famílias na faixa de renda mensal de R$ 1,5 mil a R$ 2,6 mil

A Coordenadoria Executiva de Habitação, órgão vinculado à Secretaria de Governo e Desburocratização da Prefeitura de Sidrolândia, recebeu da Caixa Econômica Federal (CEF) o resultado da primeira análise dos dados apresentados por cidadãos que haviam atendido ao chamamento anterior e fizeram o recadastramento para se habilitarem à casa própria através dos programas populares.

Juliana Zorzeto, coordenadora, informou que o recadastramento continua disponível às famílias com renda mensal entre R$ 1.500,00 e R$ 2.600,00, e orientou aos que estão sendo chamados para verificarem a resposta sobre as solicitações.

- Todo mundo que já fez o recadastro solicitamos que venham aqui à Coordenadoria de Habitação porque temos novidades do resultado da primeira análise – convidou a coordenadora, que ainda orientou àqueles que ainda não se recadastraram para comparecerem ao setor, de segunda a sexta-feira das 7h às 11h e das 13h às 17h, na Rua São Paulo 1939 atrás da Secretaria de Infraestrutura (antigo Pátio de Obras).

Cadastros são para programa habitacional que sairá em 2019

A convocação do setor de Habitação da administração visa a seleção das famílias que serão contempladas com o primeiro empreendimento que será construído em 2019, fruto do programa de governo para moradias populares.  

Juliana enalteceu a ação realizada pela Gestão 2017/2020 onde o prefeito Dr. Marcelo Ascoli determinou, e o Poder Executivo Municipal realizou, o chamamento público para a escolha da empresa que construirá moradias populares em área repassada pela Prefeitura para esta finalidade. O certame foi vencido pela empresa Engepar Engenharia e Participações Ltda.

Em reunião no dia 20 de setembro no Paço Municipal, os diretores da Engepar apresentaram ao Dr. Marcelo e gestores municipais o projeto em parceria com a Prefeitura para a construção de mais de 250 moradias para famílias cuja faixa de renda seja a que vem sendo anunciada pela Habitação.

- Por isso é que chamamos a população nesta faixa de renda para que venham fazer o cadastro, porque o loteamento de fato será lindo e vai ter um diferencial que o município de Sidrolândia nunca teve e nesta gestão o prefeito está conseguindo viabilizar – reforçou a coordenadora.

Para os interessados, o checklist está disponível no órgão de Habitação, onde constam os documentos necessários (RG, CPF, Título de Eleitor, comprovante de Estado Civil, Carteira de Trabalho, holerite, comprovante de renda e certidão dos filhos, entre outros).

- É uma prioridade do prefeito Dr. Marcelo Ascoli e aqui na Habitação estamos nos empenhando para que o projeto seja executado. Este programa habitacional com certeza em 2019 estará em fase de execução com mais de 250 unidades, e além dele já estamos em andamento com o Lote Urbanizado, que são mais 51 famílias que em breve terão sua casa própria – enfatizou Juliana Zorzeto.

O Dr. Marcelo Ascoli entende que o Poder Público deve se empenhar para que um número maior de famílias tenha acesso às moradias populares e realizem o sonho de ter o seu próprio imóvel.

- O projeto habitacional é um anseio de toda a população e desta administração. O Município está envidando esforços, foi feito um Chamamento Público respeitando todas as questões legais e estaremos em breve entregando moradias para a nossa população que mais precisa. Queremos dar este primeiro passo, mas outros virão, por isso com toda a nossa equipe estamos trabalhando para que venham outros projetos habitacionais. Queremos sempre o bem estar e o conforto da nossa população – destacou o prefeito em entrevista no dia 20 de setembro, ao se referir às mais de 250 unidades que estarão em construção no próximo ano.     


assessoria de imprensa 

social aqui