16 de Outubro de 2018 | 19:25
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8221_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 16 de Agosto de 2018 - 14:18
Fonte A - A+

Assembleia terá no mínimo cinco novos deputados em 2019

Cinco parlamentares não vão tentar a reeleição no legislativo estadual na eleição deste ano

A Assembleia terá no mínimo cinco novos deputados em 2019, já que os parlamentares: Antonieta Amorim (MDB), Grazielle Machado (PSD), George Takimoto (MDB), Beto Pereira (PSDB) e Junior Mochi (MDB) não vão buscar a reeleição. Alguns desistiram da eleição e outro vão disputar cargos diferentes neste ano.

As deputadas Grazielle Machado e Antonieta desistiram de disputar a eleição. A primeira resolveu sair de cena por enquanto, para o retorno do seu pai, o ex-deputado Londres Machado (PSC) , recordista de mandatos consecutivos na Assembleia, ao todo foram 11, em 44 anos de vida pública. No último pleito ele tinha sido candidato a vice de Delcídio do Amaral, perdendo a eleição no segundo turno.

Já Antonieta Amorim revelou que desistiu da reeleição, para ajudar o MDB na campanha da chapa majoritária, que está sendo encabeçada pelo deputado Junior Mochi, tendo Tânia Garib como vice, além do senador Waldemir Moka em busca da reeleição. Ela disse que foi uma “decisão em conjunto” com seu partido, por ter experiência nestas disputas.

George Takimoto e Beto Pereira vão deixar a Assembleia porque concorrem às cadeiras da Câmara Federal, fazendo parte das chapas do MDB e PSDB, respectivamente. Já Junior Mochi que é o atual presidente do legislativo, vai disputar o governo estadual, em decisão tomada na última terça-feira (14), depois da desistência de André Puccinelli e da senadora Simone Tebet, ambos do MDB.

Ao todo são 24 deputados em Mato Grosso do Sul, 19 vão tentar a reeleição. Neste último ano, o PSDB tem a maior bancada com oito parlamentares, seguido pelo MDB que dispõe de sete. Já a bancada do PT tem quatro representantes. Depois aparece o DEM com dois (deputados), além do PSD, Patriota e Solidariedade, que tem um cada.


campograndenews 

social aqui