17 de Outubro de 2018 | 04:39
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 06 de Agosto de 2018 - 08:18
Fonte A - A+

Com passagens por homicídio e assalto, Polícia identifica atirador que matou Pele Negra

A Polícia já tem um suspeito pelos disparos em uma tabacaria que matou o cantor Jorge Edson dos Santos Ferreira de 27 anos, mais conhecido como Pele Negra, na madrugada deste domingo (5) em Três Lagoas, cidade distante 338 quilômetros de Campo Grande, ele foi identificado como ‘Marcinho’, 24 anos.

Conforme informações do site Perfil News, o suspeito é dono de uma bicicletaria na Vila Piloto. Policiais foram até a casa e comércio do suspeito, mas ele não foi encontrado. Segundo a polícia ele possui passagens por homicídio, assalto a mão armada, furto, direção perigosa e porte de arma de fogo.

O comandante do 2º Batalhão, Major Ênio de Souza, disse que todo o efetivo da polícia foi colocado à disposição para capturar o suspeito.

Por volta das 3h ocorreu uma briga entre clientes da tabacaria, sendo o suspeito, um homem de 24 anos, foi colocado para fora do local pelos seguranças. Cerca de meia hora depois, ele voltou acompanhado de mais um amigo que não foi identificado.

O proprietário de 24 anos não permitiu a entrada dos dois, em seguida o suspeito começou a atirar várias vezes contra a porta principal que é de metal e estava fechada.

Os tiros transfixaram e atingiram o segurança que estava atrás da porta, um funcionário de 21 anos e o cantor Jorge Edson dos Santos Ferreira que estavam atrás de um balcão.


MIDIAMAX

social aqui