18 de Setembro de 2018 | 21:54
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/8115_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Noticias
Noticia de: 12 de Julho de 2018 - 17:53
Fonte A - A+

Férias: Educação disponibiliza dois CMEIs para receber crianças

Grande São Bento e parte alta terão unidades para receber matriculados

Rafael Brites

A Prefeitura de Sidrolândia por intermédio da Secretaria Municipal de Educação já traçou a estratégia de atendimento às crianças que frequentam os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) durante o período das férias escolares deste meio de ano, que começam na segunda-feira (16).

Está definido que no período de 16 a 31 de julho, crianças matriculadas no CMEI Pindorama e CMEI Lar da Criança ficarão no CMEI Cantinho Feliz no Bairro Pé de Cedro. O CMEI João Lemes de Souza no Alto da Figueira receberá as crianças do CMEI Sonho de Criança e do CMEI Inês Nunes dos Santos.

Os pais devem apresentar declaração da empresa onde trabalham, para comprovar a necessidade de deixar os filhos na unidade.  

O  prefeito Dr. Marcelo Ascoli determinou ainda no início de 2017, que a administração municipal priorizasse o atendimento aos pais que trabalham e que não tem com quem deixar os filhos que já estão nos CMEIs.

A secretária de Educação, Alice Rosa Gomes, com a equipe da Pasta, acatou a recomendação do Gabinete e estabeleceu o funcionamento de duas unidades durante as férias.

A decisão foi tomada após levantamento realizado em cada CMEI que constatou que, apesar de contabilizar 1.932 matriculados em toda a Rede (Números referentes à Educação Infantil), a frequência de crianças cai drasticamente durante a época, tornando-se desnecessária a abertura de todas as unidades. A conclusão foi de que o funcionamento de dois, sendo um para o Grande Bairro São Bento e outro para a parte alta seriam suficientes para atender à demanda.

A experiência realizada em janeiro e em julho de 2017 com a acolhida dos menores em duas unidades foi positiva, e por isso a Prefeitura passou a adotar este sistema, sem prejuízos aos pais trabalhadores.

social aqui