23 de Julho de 2018 | 14:22
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 03 de Julho de 2018 - 08:18
Fonte A - A+

'Estou passando mal até agora', diz homem que abriu freezer e encontrou corpo em distrito de Aquidauana, MS

Testemunha conta que, logo após encontrar o corpo, se sentiu mal e pediu ajuda de outro vizinho para acionar a polícia.

choque ao ver um corpo dentro de um freezer, no distrito de Cipolândia, a 70 km de Aquidauana, se estendeu até a manhã desta segunda-feira (2). "Estou passando mal até agora. Uma das portas do freezer não fechava, fui ver o que era e encontrei o corpo. Primeiro eu vi a perna de um homem e não consegui mais ficar olhando. Depois, quando acendi a luz, percebi sangue espalhado na cama e nas paredes", afirmou ao G1 a testemunha de 55 anos.

O homem comentou que, assim como os outros vizinhos, cuidam o terreno do outro. "Eu fui lá e, desta vez, vi a porta entreaberta, as janelas também estavam, por isso decidi entrar. Não consigo entender como alguém faz uma barbaridade destas. Acho que ali tem ao menos umas duas pessoas envolvidas. Eles precisam ser presos", comentou.

A testemunha conta que, logo após encontrar o corpo, se sentiu mal e pediu ajuda de outro vizinho. "Foi ele quem chamou a polícia. Eles vieram aqui, a perícia junto e então recolheram o corpo e levaram para Aquidauana. Fico triste, o senhor que mora ali era uma pessoa boa. Ele mudou há 4 anos, sempre ajudava eu e minha esposa a ir até a cidade, sem cobrar nada de gasolina. Não consigo entender", lamentou.

Entenda o caso

O corpo foi encontrado congelado dentro de um freezer, na tarde de domingo (1º). De acordo com a polícia, a residência onde o corpo foi localizado é de um idoso que está desaparecido desde março. Um vizinho teria entrado na casa para verificar o imóvel, abriu o freezer e se deparou com o cadáver.

Agentes do núcleo reginoal de inteligência da Polícia Civil de Aquidauana foram até o local e também encontraram marcas de sangue pelas paredes da casa. A vítima ainda não foi identificado, sendo ele e o freezer encaminhados ao Instituto de Medicina e Odontologia legal (IML) de Aquidauana.


G1MS

social aqui