18 de Junho de 2018 | 01:10
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 06 de Junho de 2018 - 08:41
Fonte A - A+

Morre na Santa Casa jovem baleado na cabeça em estrada

Gean Blendão Pereira Rodrigues, 21 anos, morreu na Santa Casa depois de ser encontrado caído à beira de uma estrada vicinal, ferido com tiro na cabeça e com as mãos e os pés amarrados, na manhã desta terça-feira (5) em Campo Grande.

Segundo a assessoria da unidade de saúde, a vítima deu entrada no hospital às 11h30, com traumatismo craniano grave devido ao tiro. No início desta tarde Gean já havia sofrido parada cardíaca, mas foi reanimado. Contudo, por volta das 16h30 não resistiu.

Por meio do canal “Direto das Ruas”, leitor identificou-se como da família do rapaz. A pessoa não quis informar o nome e garantiu que o motivo do atentado seria guerra entre PCC e Comando Vermelho.

“O crime foi por causa de uma foto tirada há uns 3 anos, quando Gean fez símbolo do Comando Vermelho. Diz que o nome dele estava em uma lista encontrada com os autores de outro assassinato aqui. Nem sabemos qual foto é. Falaram isso para ele [Gean] há uns três dias. Gean disse que chegou a falar com um chefe do PCC e o cara garantiu que não iam fazer nada contra ele, porque tinha mudado de vida, estava trabalhando em um sushi. Mas, vai acreditar em bandido né”.

A vítima foi abandonada na região do Complexo Penal Agrícola da Gameleira, com as mãos amarradas com uma calça jeans e nos pés com uma toalha de banho. O rapaz, tem várias tatuagens pelo corpo sendo uma delas de palhaço, que segundo a polícia, no mundo do crime, está associada a morte de policiais.

Ainda não há informações oficiais sobre suspeitos. Uma moradora da região disse à reportagem que ouviu o disparo e na sequência o barulho de uma motocicleta.


campograndenews

social aqui