19 de Setembro de 2018 | 10:43
redacao@diariodoms.com
-->
Geral
Noticia de: 16 de Maio de 2018 - 08:30
Fonte A - A+

Contra "calote" perto de 30%, prefeitura terá telemarketing para cobrar IPTU

A Prefeitura de Campo Grande pretende lançar, em junho, um novo serviço para cobrança de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), além de outras taxas como ISSQN (Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza). O serviço será de telemarketing, conforme explicou o titular da Sefin (Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento), Pedro Pedrossian Neto.

“Serão 40 pessoas trabalhando em dois turnos patra fazer uma 'cobrança amigável' que lembre o contribuinte de pagar em dia seus impostos”, explicou o secretário. Conforme o secretário, a intenção do novo serviço é reduzir a inadimplência, que em 2017 atingiu 29% e em 2016 36%. Além disso, o serviço de telemarketing também busca alavancar a arrecadação de tributo, segundo o secretário, entre 10% a 15%.

Hoje a dívida ativa do Município alcança os R$ 2,6 bilhões, incluindo todos os tributos. “Caiu um pouco [inadimplência] mas ainda é muito insuficiente. Queremos baixar para pelo menos 20%. O ano passado deixamos de receber R$ 159 milhões em IPTU não pago. Se nós recebêssemos uma parte disso não teríamos os problemas financeiros que possuímos.

Pedrossian explica que a cobrança não será “com faca no pescoço” e cita, como comparação, as cobranças das operadoras de crédito. “Além de ser amigável vai lembrar que oferecemos descontos para quem honra a dívida, a exemplo dos 75% nos juros da dívida para quem pagar à vista”, comenta.

campograndenews 

social aqui