14 de Novembro de 2018 | 15:23
redacao@diariodoms.com
-->
Saúde
Noticia de: 24 de Abril de 2018 - 19:15
Fonte A - A+

Vacinação contra a Influenza já ocorre para alguns grupos prioritários; saiba quais são

A Prefeitura de Sidrolândia através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou ontem (23) em todas as Unidades de Saúde urbanas e rurais, a campanha de vacinação contra a Influenza.

Segundo o Ministério da Saúde, a ação será desencadeada em todo o Brasil até 1º de junho, com o Dia D programado para 12 de maio.

Em Sidrolândia serão disponibilizadas até o final da campanha pouco mais de 11 mil doses, destinadas ao público-alvo. Deste total, cerca de 4 mil já foram enviadas para a primeira etapa da campanha, que irá até o dia 12.

Quem já pode receber a vacina

Os grupos prioritários foram divididos para o decorrer da campanha de vacinação. Segundo o cronograma, desde a segunda-feira (23) já podem ser vacinados ostrabalhadores em saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos,11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, e professores do ensino básico (Ensino Regular, Especial e/ou Educação de Jovens e Adultos-EJA) e superior das escolas públicas e privadas.

Este público-alvo deve comparecer às unidades até o Dia D da vacinação.

Povos Indígenas devem aguardar

As doses da vacina destinadas à população indígena ainda não foram enviadas a Sidrolândia pelo Ministério da Saúde.

A Prefeitura por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde já adotou estratégia de atendimento em parceria com a FUNASA para realizar a vacinação dentro das aldeias, tão logo o Município receba as doses.

Outras datas e grupos prioritários

• A partir de 12/05 - para a população acima de 60 anos de idade;

• De 21/05 a 01/06 -  para os demais grupos.*

Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outra s condições clínicas especiais independentemente da idade (conforme indicação do Ministério da Saúde em conjunto com sociedades científicas).

*Os grupos de comorbidades devem ter cadastro no serviço e apresentar o cartão de acompanhamento ou laudo médico da doença que deverá ser retido no serviço para posterior apresentação a quem necessitar da informação, ficando sob responsabilidade do profissional médico a indicação da vacina.

A doença e os tipos de vírus

A influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Em geral, tem evolução por período limitado, em geral de um a quatro dias, mas pode se apresentar forma grave.

A gripe propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, ou imunodeficiência são mais vulneráveis aos vírus.

Um indivíduo pode contrair a gripe várias vezes ao longo da vida.

Tipos de Vírus

Existem três tipos de vírus influenza que circulam no Brasil: A, B e C. O tipo C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública, não estando relacionado com epidemias.

O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias (A/H1N1pdm09 e A/H3N2).

A vacina contra gripe ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS) protege contra estes três tipos de vírus. (Com informações do Ministério da Saúde)  

 


ASSESSORIA DE IMPRENSA

social aqui