22 de Junho de 2018 | 08:13
redacao@diariodoms.com
-->
Política
Noticia de: 15 de Abril de 2018 - 12:44
Fonte A - A+

DATAmax: Lula lidera índice de rejeição na Capital entre os presidenciáveis

Collor e Bolsonaro estão tecnicamente empatados em 2º


Em Campo Grande, o número de eleitores que afirmam que não votariam no ex-presidente Lula (PT) é maior até que seu percentual de intenção de votos, é o que revela a pesquisa que mediu a rejeição entre os pré-candidatos à Presidência da República, feita pelo Instituto DATAmax e divulgada neste domingo (15) pelo Jornal Midiamax.

Na pesquisa estimula, a rejeição de Lula é de 27,9%. O segundo colocado, o também ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTC), tem quase metade do petista, 14,6%, seguido de perto por Jair Bolsonaro (PSL) 13,7%.

O candidato do PDT, o ex-ministro Ciro Gomes, tem 3,9% de rejeição, enquanto o ex-governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), tem 3,1%, pouco mais que a candidata da REDE, a ex-senadora Marina Silva.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), tem índice de rejeição de 1,1%. O senador Cristóvão Buarque, que pretende disputar a presidência pelo PPS, tem 0,9%, mesmo percentual de Manuela D’ávila (PCdoB).

Completam a lista Levi Fidelix (PRTB), com 0,7%, Guilherme Boulos (PSOL), com 0,6%, Álvaro Dias (Podemos) 0,5%, Eymael (PSDC) e Flávio Rocha (PRB), com 0,5%, e, com 0,4%, João Amoedo (NOV) e Valéria Monteiro (PMN).

A pesquisa mostra ainda que 13,3% dos eleitores campo-grandenses rejeita todos os pré-candidatos apresentados; 3,1 diz que não rejeita nenhum, e 11,1% dos entrevistados não souberam ou não responderam o levantamento.

Nas duas últimas eleições, em 2014 e 2016, o DATAmax ‘cravou’ o resultado final das urnas. Neste primeiro levantamento de 2018 do Instituto foram entrevistados 804 eleitores em Campo Grande, entre os dias 5 a 8 de abril. A margem de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erros é de 3,5%, para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral, tanto em âmbito estadual quanto federal, sob os números MS-09178/2018 e BR-08909/2018. Como já fez em eleições anteriores, o DATAmax disponibiliza todas as informações e detalhes, bem como material da pesquisa, para consulta dos partidos políticos que manifestarem oficialmente interesse nos dados.


midiamax

social aqui