20 de Julho de 2018 | 09:34
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/7483_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 20 de Dezembro de 2017 - 08:39
Fonte A - A+

PM fecha 2017 com 60 prisões e 3 armas apreendidas a cada dia em MS

Comandante da Corporação diz que crise, desemprego e aumento da população são fatores que ampliam crimes violentos

A cada dia de 2017, a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul prendeu 60 pessoas.  E a cada 24 horas, um número perto de 3 armas irregulares foram apreendidas. O dado foi apresentado pelo comandante da Corporação, coronel Waldir Ribeiro Acosta, para quem, apesar dos fatores que são causas de ampliação da violência, entre eles crise econômica, o desemprego e aumento populacional, o ano termina com um "empate" em termos de índices de criminalidade na percepção da força de segurança que está nas ruas para fazer a prevenção, ou seja, a linha de frente.

O balanço considera o período até 10 de dezembro. Nesse intervalo de tempo, conforme Acosta, a Polícia Militar fez 7.220 operações em todo o Estado, que resultaram em 588.656 abordagens de pessoas, além de 517 veículos vistoriados. Não foram listados dados comparativos com o ano anterior.

Destas abordagens 29.399 pessoas foram presas. Do total, mais de 4 mil eram foragidos da Justiça. Os dados sobre apreensão são sintomáticos sobre as máfias que movimentam o crime organizado no Estado.

Foram apreendidas 167.1 toneladas de entorpecentes, o equivalente a 485 quilos a cada nascer de sol. Em relação ao contrabando de cigarro, que tem sido notícia frequente, a apreensão, segundo os dados divulgados pela Polícia Militar, atingiu 694.432 pacotes de cigarros, o que dá mais de 2 mil pacotes por dia.  

Considerando o valor total, as apreensões de cigarros contrabandeados tiraram de circulação mais de 6,4 milhões de maços, que, vendidos livremente nas ruas, valem R$ 27 milhões.

Veículos - Ainda de acordo com os números citados pelo coronel Acosta, em 2017, até o dia 10 de dezembro, a PM recuperou 2.567 veículos roubados ou furtados. Fazendo a conta diária, são 7,4 veículos.

Para Acosta, são dados que dão à sociedade a resposta de investimentos feitos. “O Governo do Estado investiu R$ 115 milhões na segurança pública e na prática recebemos armamento, equipamentos e viaturas para todos os batalhões”, destaca.

Além de infra-estrutura, ele vê a corporação mais valorizada no aspecto humano. “A questão das promoções estão sendo colocadas em dia e já estamos finalizando um curso para que os oficiais se atualizem”, detalha.

O balanço considera o período até 10 de dezembro. Nesse intervalo de tempo, conforme Acosta, a Polícia Militar fez 7.220 operações em todo o Estado, que resultaram em 588.656 abordagens de pessoas, além de 517 veículos vistoriados. Não foram listados dados comparativos com o ano anterior.

Campograndenews 

social aqui