18 de Setembro de 2018 | 22:49
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 18 de Dezembro de 2017 - 10:20
Fonte A - A+

Empresa de MS que tem sede em SP é alvo de Operação Bolsão II do Gaeco

Os donos da empresa Continental Transportadora, que atuam em Aparecida do Taboado, distante 457 quilômetros de Campo Grande, moram em Ribeirão Preto, São Paulo, e foram alvos da Operação Bolsão II, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) nesta segunda-feira (18).

No endereço, onde funcionaria a sede administrativa da empresa e também a casa do proprietário, foram recolhidos documentos, segundo o Gaeco de São Paulo. A sede logística da empresa fica em Mato Grosso do Sul.

Ainda segundo informações da investigação, o empresário dirige-se semanalmente para Aparecida do Taboado para gerenciar a empresa.

De acordo com a assessoria do MPE-MS (Ministério Público Estadual), os agentes do Gaeco cumprem mandados nas cidades sul-mato-grossenses de Paranaíba e Aparecida do Taboado, na região do Bolsão, e no município paulista de Ribeirão Preto.

Além de lavagem de dinheiro e corrupção, os promotores apuram a suposta prática dos crimes organização criminosa e concussão, que é o delito praticado funcionário público, em que este exige, para si ou para outrem, vantagem indevida, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela.

1ª fase

Na primeira fase da Operação, deflagrada em fevereiro deste ano, dois auditores fiscais da Sefaz- MS (Secretaria de Estado de Fazenda) integravam a relação de investigados no suposto esquema de cobrança de propina para liberação de benefícios ou ‘alívio’ no pagamento de multas e impostos.

Na ocasião, o Gaeco cumpriu mandados de buscas em residências, escritórios de contabilidade e Agências Fazendárias do Estado de MS, incluindo a sede da Secretaria de Estado de Receita e Controle da cidade Paranaíba. Ao todo foram 16 mandatos, dos quais quatro de prisão temporária e seis de condução coercitiva, entre eles dois auditores fiscais.


midiamax

social aqui