11 de Dezembro de 2018 | 15:15
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 08 de Dezembro de 2017 - 12:57
Fonte A - A+

Polícia Civil vai investigar se queda de empregada do 13° andar foi acidental

A Polícia Civil vai investigar se a queda da empregada doméstica Izabeth Cândido da Costa, 48 anos, do 13° andar de um prédio no Centro de Campo Grande trata-se de um acidente de trabalho.

Segundo o delegado Camilo Kettenhuber, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, apesar do cenário indicar que ela caiu enquanto fazia a limpeza, é necessário apurar se a funcionária não se jogou da janela, que fica a 1,2 metro do chão, do lado de dentro do apartamento.

Conforme a autoridade policial, Izabeth estava em uma das suítes do apartamento, sendo a única que não havia proteção na ja nela. Havia uma escada encostada à parede, um frasco de produto de limpeza e duas flanelas caídas embaixo da escada.

O casal de proprietários relatou ao delegado que hoje não seria o dia em que ela costumava limpar as janelas. Izabeth trabalhava no local há pelo menos 10 anos.

O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil da Capital e ainda consta como morte a esclarecer. A polícia vai ouvir uma testemunha que viu a queda e os familiares da vítima. Uma câmera de segurança flagrou parte da queda.


midiamax

social aqui