20 de Novembro de 2017 | 08:24
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/7215_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 07 de Agosto de 2017 - 10:03
Fonte A - A+

Produtor investe na pitaya e incentiva grupo a apostar na fruta em MS

Campo Grande News

Conhecida como fruta drago por causa da sua casca irregular, a pitaya comea a ganhar destaque em Mato Grosso do Sul, pelos benefcios  sade e por auxiliar quem deseja emagrecer. A fruta tem baixo teor calrico, ajuda o organismo a queimar acar e gordura, transformando tudo em energia.

No Brasil, ainda so poucas as regies que investem na cultura da pitaya, que comercializada entre R$ 30 a R$ 60 o quilo, mas essa realidade pode mudar em breve. Um grupo de produtores de Figueiro distante 226 quilmetros de Campo Grande participaram ontem (05), de encontro para aprender questes tcnicas que envolvem o cultivo da fruta.

Tudo comeou com o pecuarista Gervsio Jos Graeff, que decidiu diversificar e se interessou na pitaya. Conheci a fruta h 10 anos, quando visitei o mercado de So Paulo e me interessei, mas no d para comear a produzir assim, sem conhecimento tcnico, disse.

Foi no ano passado que Gervsio conseguiu concretizar seu sonho ao se inscrever no Programa de Assistncia Tcnica e Gerencial Hortifrti Legal, do Senar/MS (Servio Nacional de Aprendizagem Rural), onde recebeu orientaes e comeou a produzir o fruto.

Para se ter uma ideia do que possvel, a primeira produo de Gervsio, no final do ano passado, foi de 180 quilos. Comercializei na mdia de R$ 30 o quilo. Estou muito satisfeito, disse o produtor, que ir ampliar a rea de produo. Acredito que em 2017 terei uma produo muito boa, pontua.

Ele se deu to bem que os outros produtores da regio ficaram interessados em saber sobre a produo da pitaya. Tem se mostrado um fruto com grande potencial, devido a sua rusticidade e alto valor agregado. Os produtores assistidos esto enxergando na cultura da pitaya uma grande possibilidade de aumento e diversificao de renda, explica o Coordenador do Programa Hortifruti Legal, o engenheiro agrnomo Francisco Pereira Paredes Junior.

O engenheiro explica ainda que a margem de lucro do produtor excelente. Em alguns casos o custo representa 25% do lucro com as vendas, informa.

Para Francisco, o motivo para a produo da pitaya ainda ser to pequeno no Brasil o desconhecimento da populao sobre o fruto. Seu sabor suave e agradvel, apesar da sua aparncia pouco chamativa. Alm disso, existem estudos sobre seu benefcio no controle do colesterol e at mesmo da hipertenso, ressalta.

Um dos responsveis pelo encontro, Jos Ferreira, mobilizador do Senar pelo Sindicato Rural de Figueiro, acredita que outros produtores da regio devem aderir nova cultivar. Parece que produz bem nessa regio. So 20 produtores do projeto que fizeram a visita. algo novo.

Sobre a pitaya - docinha, mas um gosto diferente, no parecido com nenhuma outra fruta, s dela mesmo. Assim Jos Ferreira descreve a fruta que, segundo ele, tem textura similar a do melo e pera.

Alm do sabor doce, a pitaya tem propriedades medicinais, pois ajuda a melhorar a gastrite, previne contra o cncer de clon e at mesmo contra o desenvolvimento de diabetes.

 

social aqui