13 de Dezembro de 2017 | 17:38
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/7175_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 10 de Julho de 2017 - 09:47
Fonte A - A+

Produtividade aumenta 50%, mas preço do milho continua baixo em MS

Mato Grosso do Sul ainda está com 2% de área colhida de milho, mas, segundo a Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja), estima-se até o momento acréscimo de 50,5% em relação a produção do grão, em comparação com a safra passada. Mesmo com a boa produtividade, os preços pagos aos produtores estão bem baixos, sendo que a saca de 60 quilos varia entre R$ 16,50 e R$ 17,00.

De acordo com a associação, a colheita está 6,8% atrasada em relação ao mesmo período da safra anterior. Mesmo assim, estima-se até o momento, aumento de 3,4% de área plantada, ocasionando no aumento em 45,5% de produtividade. Isso significa que o produtor deve colher nesta safra, 85 sacas por hectare de milho.

Sobre a colheita, a região sul está mais avançada, com percentual de colheita em 2,3%. A região norte está logo atrás, com 2,2% e, a região centro, com 1% de área colhida.

Preços - Com boa produtividade, sem espaço suficiente para armazenar o grão e com preços baixos, a Aprosoja e Famasul entregou solicitação formal ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) no dia 14 de junho, para que fosse garantida a equalização de preço mínimo pago ao produtor rural de milho no Estado, caso os valores ficassem abaixo do preço mínimo oficial.

Porém, na noite de terça-feira (4), o valor estimulado do Pepro (Prêmio Equalizador Pago Ao Produtor) foi de R$ 1,32 para Mato Grosso do Sul, mas a quantia não garante o exercício do direito ao preço mínimo.

Ainda de acordo com a Aprosoja, isso acontece porque o preço mínimo oficial no Estado é de R$ 19,21 por saca de 60 kg de milho. Se o prêmio é de R$ 1,32 para cada 60 kg, a saca de milho deveria estar sendo vendida a R$ 17,89 ou mais para que fosse possível utilizar o prêmio, o que não está acontecendo, já que os valores estão muito abaixo disso.

O preço da saca está atualmente, entre R$ 16,50 e R$ 17,00 em Mato Grosso do Sul. Portanto, se ao valor de comercialização da saca de R$ 17,00 for adicionado o valor do prêmio de R$ 1,32, atinge-se o valor de R$ 18,32 pela saca, ficando longe dos R$ 19,21 de preço mínimo oficial, gerando perda do prêmio.

social aqui