20 de Novembro de 2017 | 08:31
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/7171_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Cultura
Noticia de: 10 de Julho de 2017 - 09:07
Fonte A - A+

Médicos dão dicas de como amenizar desconforto por clima seco

G1

Com a umidade do ar baixa, é comum sentir irritação na garganta, no nariz e nos olhos. O desconforto é ainda maior para pessoas que já têm doenças respiratórias como asma, rinite alérgica ou bronquite crônica, que ficam propensas ao agravamento dos quadros. 

 O pneumologista Ciro Kirchenchtejn, coordenador do Centro de Tratamento do Tabagismo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, lembra que essa condição climática também favorece a manutenção dos poluentes no ar, o que potencializa os danos à saúde.

As vias aéreas são uma das partes do nosso corpo mais sensíveis a essas variações climáticas, de acordo com a médica Ana Paula Moschione Castro, da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). “O ar tem que chegar ao pulmão a uma temperatura de 36ºC, com umidade de 60%. Em dias secos, o nariz tem que trabalhar muito para garantir que o ar fique nessas condições”, explica.

 

Hidratação
A principal recomendação para os dias secos é tomar bastante água, o que pode ajudar a aliviar a irritação na garganta. Lavar as narinas com soro fisiológico também ajuda a diminuir o desconforto no nariz.

 

Vaporizadores e bacias de água
Em dias muito secos, pode-se recorrer também aos vaporizadores, principalmente na hora de dormir. Mas é importante cuidar para que o ambiente não fique úmido demais, de modo que favoreça o crescimento de fungos, a água do vaporizador deve estar sempre bem limpa, para não contaminar e aumentar o número de bactérias no ambiente.

A bacia de água ou a toalha úmida no quarto são opções mais seguras. Outra opção mais sofisticada são os umidificadores de ar em que é possível regular a umidade. Neste caso, o ideal é programar a umidade para ficar entre 55% e 60%.

 

Exercícios físicos
De acordo com o médico Gustavo Wandalsen, professor do Departamento de Pediatria da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), em dias de umidade muito baixa, é recomendável evitar fazer atividades físicas nos horários mais secos do dia, entre o fim da manhã e o início da tarde. “Se estiver muito ruim, o ideal é postergar para outro dia. Mesmo em ambientes fechados, dentro de casa ou da academia, o ar também vai estar seco”, diz.

 

Cuidados com os olhos
Quando o clima está seco, as lágrimas também evaporam mais, o que faz com que as pessoas tenham a sensação de olho seco. De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, o olho seco fica mais vulnerável a alergias e a conjuntivites. O ar condicionado agrava ainda mais a situação.

Para aliviar a secura dos olhos, o médico recomenda que as pessoas usem colírios do tipo lágrima artificial. “As lágrimas artificiais não necessitam de prescrição. O que acontece nesses períodos é que muitas pessoas lançam mão do colírio que têm em casa. Aumenta automedicação com colírios vasoconstritores, que têm princípios ativos que, usados indiscriminadamente, até ressecam mais o olho”, diz Queiroz Neto. Outras dicas do médico são evitar coçar os olhos e higienizar bem as mãos antes de tocar os olhos, no caso das pessoas que usam lentes de contato.

social aqui