20 de Novembro de 2017 | 08:30
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/6936_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Cultura
Noticia de: 24 de Fevereiro de 2017 - 12:38
Fonte A - A+

Coordenaria da Mulher juntamente com prefeitura, realizará dia especial em comemoração ao dia da mulher

Prefeitura Municipal de Sidrolândia

A Coordenadoria da Mulher, recém assumida por Luciane Hodecker Sonvezzo, será a responsável por organizar o evento que espera reunir um grande público de mulheres na Praça Central de Sidrolândia, em parceria com a Secretaria de Saúde e da Coordenadora de Educação em Saúde, Ana Lidia Ascoli. O evento tem objetivo trazer uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade e sua autoestima.


“Muitas mulheres acabam deixando de lado, pela falta de tempo, alguns cuidados que valorizam sua beleza, bem estar e cuidados com autoestima. Hoje a mulher também assumiu papel de provedora do lar, além de cuidar dos filhos. Queremos mostrar o valor da mulher em variados aspectos.Como profissional, trabalhadora, mãe, esposa, filha, etc. A mulher assume muitos papéis”, explicou a coordenadora Luciane.


O evento contará com várias atrações de músicas e danças, praça de alimentação, atendimento de beleza com profissionais de maquiagem, cabelo, manicure, massagem e designer de sobrancelhas.Haverá algumas transformações realizadas em parceira com a Secretaria de Saúde e o Centro de Especialidades Odontológicas.  A partir das 18h30min as atividades serão iniciadas e promete muitas emoções.


“Queremos mostrar às mulheres a importância de uma autoestima elevada. Oferecer uma noite agradável e mostrar o quanto são especiais. Elas serão capazes de reconhecer o seu valor de forma realista, positiva, da mesma foram que serão capazes de reconhecer os seus defeitos e limitações”, adiantou a coordenadora de Educação em Saúde, Ana Lídia.


O dia internacional da mulher se originou depois da tragédia em 08 de março de 1.857 quando mulheres de uma fábrica de tecidos entraram em greve.  Elas reivindicavam uma jornada menor de trabalho, equiparação de salários com dos homens e tratamento mais digno. Porém a manifestação foi reprimida com brutal violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada.

 

 

social aqui