20 de Novembro de 2017 | 08:26
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/6807_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 16 de Janeiro de 2017 - 22:26
Fonte A - A+

Soja reage, mas preço ainda está menor que dezembro

Os preços da soja no mercado brasileiro reagiram nos últimos dias, informa o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), nesta segunda-feira (16/1). De acordo com os pesquisadores, o movimento seguiu o mercado internacional, que também teve uma valorização.

“Os valores subiram refletindo a alta externa devido a estimativas de menor produção e estoque final nos Estados Unidos e à queda do dólar frente a uma cesta de moedas, o que tornou o produto norte-americano atrativo aos importadores”, diz o Cepea, em nota.

O indicador com base nos negócios do mercado físico do Paraná encerrou a semana passada em R$ 71,47 a saca de 60 quilos (na sexta-feira, 13/1). Em relação à sexta-feira anterior (6/1), houve uma valorização de 1,75%.

A referência do Cepea baseada no corredor de exportação de Paranaguá (PR) fechou a sexta-feira (13/1) cotada a R$ 76,21 a saca. Em uma semana, a valorização é de 2,57%, já que na sexta-feira anterior (6/1), a cotação foi de R$ 74,30 a saca.

Os pesquisadores do Cepea destacam, no entanto, que, mesmo depois dessa reação, as médias calculadas pela instituição ainda são as mais baixas desde maio do ano passado. A perspectiva de safra maior no Brasil e a demanda interna considerada enfraquecida são limitadores de uma valorização maior do grão.

Nos primeiros 15 dias de janeiro, a média baseada no Estado do Paraná foi de R$ 70,81 a saca. Segundo o Cepea, o valor é 5,2% menor que o de dezembro de 2016 e 9,8% abaixo do registrado no início do ano passado.

O indicador com base no corredor de exportação do Porto de Paranaguá, o valor médio ficou em R$ 75,09 a saca na primeira quinzena deste mês. Em relação a dezembro, é 4,3% menor. Na comparação com um ano atrás, a queda é de 13,3%.

social aqui