20 de Novembro de 2017 | 08:25
redacao@diariodoms.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/3848_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 21 de Março de 2016 - 16:58
Fonte A - A+

Área plantada de soja cresce 8,1% na safra 2016 em MS

Safra apresenta crescimento de 8,1% na área plantada de soja em MS


Com utilização de 2,5 milhões de hectares de área plantada, a safra de soja praticamente dobrou seu índice de crescimento no Estado, segundo dados da Siga (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) e da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul). A projeção inicial para a safra de soja 2015/16 era de 2.420 milhões de hectares, mas, conforme levantamentos , foi confirmada a utilização de 2,5 milhões de hectares, o que representa um crescimento de 8,1% de área plantada em relação à safra passada.

Esse aumento se deve à adição de mais 80 mil hectares na safra, antes pastagens degradadas e áreas até então utilizadas no plantio de cana de açúcar. A colheita ainda não foi encerrada, mas os números indicam o potencial de Mato Grosso do Sul na agricultura, segundo o presidente da Aprosoja, Christiano Bortolotto.

“O Estado tem muitas áreas com excelente aptidão para a agricultura, ainda mais se considerado o grande potencial de aumento de área devido à possibilidade da integração lavoura-pecuária, no benefício da recuperação de pastagens”, analisa o presidente.

Segundo Bortolotto, Mato Grosso do Sul possui total capacidade de aumentar esse ritmo ao longo dos anos, e o único fator limitante desse crescimento é o custo de produção. “A cultura precisa continuar viável para que continue a crescer. Aspectos como o cambio, o preço internacional dos grãos e o custo de produção precisam continuar sustentáveis”, avalia.

A produtividade, para esta safra, permanece em 50 sacas por hectare, apesar do aumento de área. Isso considerando as perdas geradas pelas constantes e intensas chuvas que atingiram as lavouras durante todo o ciclo. Se as condições climáticas tivessem sido mais favoráveis, a produção em Mato Grosso do Sul certamente atingiria 7,9 milhões de toneladas de soja. No entanto, a estimativa se mantém positiva e recorde, atingindo 7,5 milhões de toneladas, superior à previsão de 7,4 milhões de toneladas de até então e, meio milhão de tonelada acima da safra 2014/15.


Midiamax



social aqui