20 de Novembro de 2017 | 08:36
redacao@diariodoms.com
-->
Policial
Noticia de: 16 de Fevereiro de 2016 - 07:59
Fonte A - A+

“Conheço o coronel”: motorista desacata policiais ao ser preso embriagado

Renata Portela

Na noite de segunda-feira (15), por volta das 20h45, motorista de 37 anos foi detido em flagrante dirigindo embriagado na Rua Bom Sucesso, na Vila Marcos Roberto. O homem, identificado como Wilmar, afirmou ser advogado, disse que conhecia um coronel da Polícia Militar e ainda ofendeu e desacatou os policiais.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, equipe da Polícia Militar estava em deslocamento para uma ocorrência, quando viu o Corsa, preto, placas de Campo Grande (MS). Segundo os policiais, o motorista seguia na contramão e o militar que conduzia a viatura teve que desviar para evitar a colisão frontal.

Ainda conforme o registro policial, foi feita abordagem e observado que Wilmar estava visivelmente embriagado, com andar cambaleante. Ele se identificou como advogado e disse aos militares que conhecia um coronel da PM. Segundo os policiais, ele ainda teria dito que “não ia dar nada para ele” e ainda xingou os militares. Além disso o homem teria dito “tá cheio de boca de fumo e vocês vão prender trabalhador? Não vão me levar, sou advogado e vocês são nível médio”.

Consta no registro da ocorrência que o homem não apresentou qualquer documento que comprovasse ser advogado. Ele foi encaminhado para a delegacia, se recusou a fazer teste de bafômetro e foi levado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), onde foi confirmada embriaguez. Ele não apresentou CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e disse que teve o documento extraviado.

O caso foi registrado como conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, desacato e direção perigosa de veículo na via pública.

social aqui