01 de Dezembro de 2022 | 11:12
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diariocostarica/public_html/fotos/noticias/14651_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: Permission denied in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Esporte
Noticia de: 23 de Novembro de 2022 - 15:31
Fonte A - A+

Confira o que abre e o que fecha em MS na estreia do Brasil na Copa do Mundo

Nesta quinta-feira (24), alguns horários de expediente serão diferentes

O Brasil estreia nos gramados da Copa do Mundo de 2022 nesta quinta-feira (24) e irá enfrentar a seleção da Sérvia, às 15h, no horário do MS. Com isso, os horários de funcionamento do comércio e de repartições públicas devem passar por alterações.

Confira como ficarão os expedientes durante o jogo de amanhã (24) em Campo Grande.

Comércio - De acordo com o gerente sindical da Fecomércio, Fernando Camilo, cabe ao comerciante decidir se irá fechar ou se irá funcionar normalmente. A gerência ainda orienta que, caso o comerciante decida assistir o jogo nas lojas, é recomendado que feche as portas por questões de segurança. Fica a critério do empresário decidir como irá proceder.

Supermercado - Conforme informado pela Associação Sul-mato-grossense de Supermercados (AMAS), cada supermercado irá decidir se vai paralisar o atendimento, ou se irá fechar nos horários do jogo da seleção. Cabendo ao supermercado informar os clientes sobre qual procedimento será adotado.

Pátio Central - A orientação para os lojistas é que, nos jogos do Brasil, eles podem fechar as lojas meia hora antes dos jogos e retomar as atividades meia hora depois, mas é facultativo. O horário do expediente mantém-se normal, das 8h às 20h, conforme assessoria.

Banco - Conforme informado pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), os bancos irão funcionar amanhã (24) com expediente reduzido, das 8h às 13h.

Hemosul - O horário de funcionamento para coleta de sangue no Hemosul Coordenador será das 7h às 13h.

Shopping Campo Grande -  Segundo a assessoria, as lojas irão abrir normalmente, das 10h às 22h. Entretanto, os lojistas poderão interromper suas atividades 30 minutos antes do jogo e retornar 30 minutos após o fim da partida.

Shopping Norte Sul Plaza - O expediente será normal, mas as lojas têm autorização para fechar até 30 minutos antes do jogo e reabrir em até 30 minutos após o jogo, a assessoria lembra que os fechamentos são facultativos.

Shopping Bosque dos Ipês - Cabe ao lojista decidir se o expediente será normal, mas há autorização para paralisar as atividades durante o jogo.

Detran - O expediente no Departamento de trânsito será das 7h às 11:30.

Unidades de Saúde - A Secretaria Municipal de Saúde informou que as unidades de  saúde funcionarão normalmente, sem alteração no expediente.

Repartições públicas estaduais - Fica válido o decreto publicado na edição de 11 de novembro no Diário Oficial do Estado. Portanto, os servidores públicos estaduais serão liberados meia hora antes das partidas da Seleção do Brasil na Copa do Mundo, com expediente das 7h30 às 13h30. A flexibilização dos horários não se aplicam aos serviços considerados essenciais, como segurança e saúde.

Repartição pública municipal - Conforme já noticiado pelo Correio do Estado, a prefeitura decretou ponto facultativo para os servidores nos dias em que a seleção brasileira irá jogar. Não se aplica a serviços essenciais.

Central do IPTU -  Com expediente das 8h às 16h, com Teleatendimento das 8h às 18h, em forma de plantão.

Cartórios - Expediente das 7h às 13h.

Delegacias - As delegacias seguem o decreto estadual, com exceção das Delegacias de Pronto Atendimento (Depacs), Cepol, no Tiradentes e Centro e a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Peg Fácil e ônibus - Terão funcionamento normal.

Lotérica - Fica a critério de cada loja se irão paralisar ou não durante os jogos. Sob a orientação de que, para as lojas que forem fechar, os funcionários sejam liberados 30 minutos antes dos jogos e retomar as atividades 30 minutos depois.

Correios - O expediente será das 8h às 13h.

Mercadão Municipal - O Correio do Estado entrou em contato com o Mercadão Municipal, mas até o fechamento da matéria não houve retorno.

Correio do Estado 

social aqui