02 de Outubro de 2022 | 04:07
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diariocostarica/public_html/fotos/noticias/14302_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: Permission denied in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 19 de Agosto de 2022 - 16:37
Fonte A - A+

Embriagado, militar do Exército saca arma e aponta para pessoas em praça de alimentação de shopping em MS

O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (18). O homem foi levado para a delegacia, mas logo foi liberado. Por se tratar de um militar do exército, a Polícia do Exército conduzirá a ocorrência.

Um militar do Exército, de 23 anos, bêbado, foi detido e encaminhado para a delegacia após apontar uma arma para pessoas que estavam na praça de alimentação do Shopping Campo Grande em Campo Grande, na noite dessa quinta-feira (18).

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 21h20, o suspeito estava no local e, de repente, sacou a pistola calibre 380 que levava, e começou a apontar para outras pessoas presentes.

A ação do militar, gerou medo entre clientes e funcionários, que pediram ajuda para seguranças.

Estella Bueno, de 25 anos, que trabalha no centro comercial, relatou ao g1 MS que o momento foi de muita tensão. "Eu estava atendendo, quando meu colega viu o homem apontando uma arma na praça de alimentação, eu fiquei desesperada porque visivelmente ele estava descontrolado", disse a vendedora.

Policiais militares foram acionados e quando chegaram na praça, encontraram o militar, sargento do Exército, bastante alterado.

Uma abordagem foi realizada e o militar foi encaminhado para a sala de segurança, onde foi desarmado e algemado. Embriagado, o sargento não conseguia responder às perguntas feitas pelos policiais e foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

O registro da arma foi entregue a polícia, mas como estava com problemas no RG, foi entendido que ele não estava com a “documentação regulamentar de porte de arma de fogo”, por isso, o caso foi tratado inicialmente como porte ilegal de arma.

Por se tratar de um militar do exército, a Polícia do Exército foi avisada e cuidará do caso. A equipe de reportagem encontrou em contato com o Comando Militar do Oeste (CMO) e foi informada que a arma do militar está registrada, como determinado por lei, mas que o documento de identidade dele estava “vencido”.

Recém-formado, o sargento deveria trocar a identidade militar provisória por uma definitiva, mas ainda não tinha feito isso. Depois que as irregularidades nos documentos foram esclarecidas, o delegado Willian Rodrigues de Oliveira Júnior entendeu que não havia crime e liberou o militar.


Contudo a arma foi apreendida. Além de 19 munições intactas e três carregadores que estavam com o militar.

Por nota, a assessoria do Shopping Campo Grande confirmou a situação e afirmou que está à disposição das autoridades competentes “para quaisquer esclarecimentos”.

Confira a nota enviada pelo exército na íntegra:

“A respeito da ocorrência policial envolvendo militar do Exército em um shopping da cidade de Campo Grande, o Comando Militar do Oeste informa que na noite da última quinta-feira, 18, um sargento foi abordado pela segurança do estabelecimento após ser visualizado com sua arma.

O militar foi conduzido pela Polícia Militar até a delegacia e, após todos os procedimentos, foi liberado. Serão conduzidos todos os trâmites para elucidar a postura do Sargento e apurar as responsabilidades.

Cabe destacar que a documentação referente ao armamento do militar estava regular e de acordo com a legislação vigente.

O Exército Brasileiro ressalta que não admite atos dessa natureza, repudiando veementemente atitudes e comportamentos em conflito com a lei e que firam os princípios e valores cultuados pela Força Terrestre.”
G1MS

social aqui