12 de Agosto de 2022 | 06:56
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diariocostarica/public_html/fotos/noticias/14226_1.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: Permission denied in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Diário Político
Noticia de: 25 de Julho de 2022 - 11:02
Fonte A - A+

Políticos de MS foram ao RJ em evento do PL que oficializou Bolsonaro à reeleição

Tereza Cristina foi destaque e chamada pelo cerimonial ao palanque

Alguns dos políticos que apoiam o presidente Jair Bolsonaro (PL) em Mato Grosso do Sul compareceram neste domingo (24) ao evento do partido no Maracanãzinho no  que o oficializou para ser o candidato à reeleição. Pelas redes sociais, a pré-candidata ao Senado  (PP), o pré-candidato a deputado Rodolfo Nogueira e o pré-candidato ao Governo do Estado Capitão Contar (PRTB) e Eduardo Riedel (PSDB) aparecem mostrando imagens do evento.

Tereza Cristina foi destaque e chamada pelo cerimonial ao palanque. Os demais subiram ao palco e fizeram fotos com apoiadores do presidente. Coronel David (PL) e João Henrique Catan (PL) repostaram imagens do evento, apesar de não terem ido.

indice - Políticos de MS foram ao RJ em evento do PL que oficializou Bolsonaro à reeleição
Rodolfo Nogueira (Redes sociais)

Wilton Acosta, presidente do Republicanos, também foi ao evento, assim como o deputado federal Loester Trutis (PL) e o Tentente Portela.

No discurso, Bolsonaro fez diversos ataques ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera as pesquisas, e também ao STF (Supremo Tribunal Federal). O público reagiu com gritos de "o Supremo é o povo". Bolsonaro chegou a convocar um ato para o dia 7 de setembro, dizendo que os "surdos de capa preta" precisam entender o que é a voz do povo. Em um aceno ao Nordeste, ele prometeu manter o Auxílio Brasil de R$ 600 se for reeleito. No evento, Braga Netto também foi oficializado com candidato a vice-presidente.

A convenção do partido contou com a participação do público vestido de verde e amarelo, e aliados políticos. Bolsonaro começou o discurso falando que reza o Pai Nosso e pedindo ao público que "não experimente as dores do comunismo", regime político que nunca foi implantado no país. Ele destacou sua trajetória até a Presidência e fez menção ao atentado sofrido em 2018, em Juiz de Fora. Em seguida, discursou para políticos aliados.

1 1 - Políticos de MS foram ao RJ em evento do PL que oficializou Bolsonaro à reeleição
(Reprodução redes sociais)
Midia Max

social aqui