12 de Agosto de 2022 | 05:41
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diariocostarica/public_html/fotos/noticias/13829_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: Permission denied in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Cultura
Noticia de: 24 de Março de 2022 - 10:16
Fonte A - A+

Primeiro cinema solar do Brasil chega a Mato Grosso do Sul

Em alusão ao Mês da Mulher, o filme escolhido é a produção nacional “Fala sério, mãe!”,

Com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres e Subsecretaria de Políticas Públicas para a População Indígena, Mato Grosso do Sul recebe nos dias 24, 25 e 26 de março, pela primeira vez, o projeto Cinesolar.

Lançado em 2013, o Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. Funciona dentro de uma van equipada com placas que utilizam um sistema conversor de energia solar para elétrica, que também carrega as cadeiras para o público, sistemas de som e projeção, telão e uma cabine de DJ.

“Fazer parte desse projeto pioneiro é uma grande honra. Como um dos líderes do mercado de financiamento de energia solar, sabemos da importância de levar pelo país a mensagem de sustentabilidade que esse mercado traz, além de aliar com um tema relevante que é a cultura”, afirma Flávio Suchek, diretor de Novos Negócios e Empréstimos do banco BV.

Em alusão ao Mês da Mulher, o filme escolhido é a produção nacional “Fala sério, mãe!”, protagonizado por Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, que traz à tona as alegrias e dificuldades da relação entre mãe e filha dentro do contexto familiar.

“Vejo nessa parceria da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres com o projeto Cinesolar um grande potencial de trabalhar num só momento a democratização do acesso à cultura, à cidadania e ainda com foco na sustentabilidade. Pela primeira vez teremos a possibilidade de ter um cinema ao ar livre, exibindo filmes com a temática que envolve a pauta feminina e utilizando a energia solar, isso demonstra que não há limites para a inovação na área pública. Nossa expectativa é que haja grande adesão da população para receber o projeto em nosso Estado”, diz Luciana Azambuja, subsecretária estadual de Políticas Públicas para as Mulheres.

O projeto promove arte e sustentabilidade, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, nas cidades de Corumbá e Ladário o projeto contempla a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para a comunidade local.

“As oficinas são atividades complementares, com uma linguagem muito simples que dialoga de forma lúdica com os jovens e as crianças da região, colocando o público ainda mais em contato com os temas de sustentabilidade e energia renovável, além de arte e cultura”, destaca Cynthia Alario, coordenadora e idealizadora do Cinesolar.

PROGRAMAÇÃO:

CORUMBÁ
Oficinema Solar Presencial
Data: quinta-feira (24/03) - das 14h30 às 17h
Local: Biblioteca do Céu

Sessão Cinema
Data: quinta-feira (24/03)
Horários: 19h - Sessão Curtas
20h – ‘Fala Sério, Mãe!’
Entrada: gratuita
Local: Praça Céu - Rua Mal. Deodoro, 2185 - Popular Nova - Corumbá

LADÁRIO
Oficinema Solar
Realizada on-line para alunos da rede pública
Sessão Cinema
Data: sexta-feira (25/03)
Horários: 18h - Sessão Curtas
19h – ‘Fala Sério, Mãe!’
Entrada: gratuita
Local: Escola Municipal Marquês de Tamandaré – Rua Tv. Simeão Ribas, 50 - Nova Aliança - Ladário

CAMPO GRANDE
Aldeia Urbana Água Bonita – Campo Grande
Sessão Cinema
Data: sábado (26/03)
Horário: 19h - Sessão Curtas
20h - “Fala Sério, Mãe!”
Local: Aldeia Urbana Água Bonita - Bairro Nova Lima – Campo Grande

Jaqueline Hahn Tente, Secic

Foto: Divulgação Cinesolar

social aqui