19 de Agosto de 2022 | 22:33
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diariocostarica/public_html/fotos/noticias/13732_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: Permission denied in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Mundo
Noticia de: 02 de Março de 2022 - 15:01
Fonte A - A+

Assembleia-Geral da ONU aprova resolução que condena a Rússia por invasão à Ucrânia

Votação aconteceu nesta quarta-feira (2); Brasil votou a favor da medida

A Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou, nesta quarta-feira (2), uma resolução condenando a Rússia pela invasão contra a Ucrânia.

A reunião foi convocada pelo Conselho de Segurança e feita de forma emergencial para discutir a situação no Leste Europeu. Para a aprovação, foi preciso maioria de 2/3 dos votantes.

O Brasil foi um dos 141 países que votaram a favor. Foram cinco votos contrários e 35 abstenções.


Painel da votação pela minuta da invasão da Ucrânia pela Rússia / Reprodução/ONU
Durante a justificativa, Ronaldo Costa Filho, embaixador brasileiro nas Nações Unidas, disse que a resolução, da maneira que foi votada, porém, não vai “longe o suficiente” para o fim das hostilidades e é “apenas um primeiro passo para a paz”.

“A paz exige mais do que o silêncio das armas e a retirada das tropas. O caminho para a paz requer um trabalho abrangente sobre as preocupações de segurança das partes. A resolução não pode ser entendida como algo que permita a aplicação indiscriminada de sanções”, afirmou.

“O Brasil continua a pedir a todos os atores a desescalada e renovação dos esforços em favor de um acordo diplomático”, finalizou.

Antes da votação, e introduzindo o projeto de resolução, o embaixador da Ucrânia na ONU, Sergiy Kylytsya, disse que os “crimes cometidos pela Rússia” são bárbaros e difíceis de entender e pediu respeito à carta das Nações Unidas.

Ele terminou o discurso aplaudido pelos presentes na Assembleia.

CNN BRASIL 

social aqui