15 de Outubro de 2021 | 23:16
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/13305_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Política
Noticia de: 24 de Setembro de 2021 - 11:37
Fonte A - A+

Mobilização dos poderes gera resultado e mais dois policiais são enviados para Sidrolândia

Como primeira solução, nesta quarta-feira (23), o delegado-geral de Polícia Civil do Mato Grosso do Sul assinou e publicou a Portaria que designa 2 (dois) investigadores de Polícia Civil para reforçar o efetivo de Sidrolândia.

Em menos de 10 dias de mobilização dos poderes - Legislativo, executivo e judiciário - em prol da segurança de Sidrolândia, os efeitos começaram a surgir. Como primeira solução, nesta quarta-feira (23), o delegado-geral de Polícia Civil do Mato Grosso do Sul assinou e publicou a Portaria “P” DGPC/MS Nº 644, que designa 2 (dois) investigadores de Polícia Civil para reforçar o efetivo de Sidrolândia.

O trabalho de um Investigador da Polícia Civil é essencial na delegacia, pois é ele quem desenvolve as investigações para que a autoria de uma infração penal seja descoberta, buscando provas e indícios praticados na infração. Além disso, é esse profissional que cumpre os mandados de busca e apreensão determinados pela justiça.

Atualmente, Sidrolândia conta apenas com 2 investigadores no expediente, para trabalhar em cerca de 500 inquéritos em andamento e quase 300 termos circunstanciados de ocorrência (TCO). Então, a chegada de mais 2 policiais dobrará a execução e consequentemente os resultados do serviço de rua, dando maior respaldo a sociedade.

Segundo o delegado de Polícia Civil de Sidrolândia, Diego Dantas, desde que assumiu a delegacia, há 3 anos, essa é a primeira vez que 4 investigadores atuarão no serviço de rua. “O envio de mais 2 investigadores para nossa cidade é extremamente importante para dar agilidade nas investigações, prisões e outras ações da polícia. Com certeza daremos resposta a população de forma mais ágil do que acontece atualmente na investigação e elucidação de crimes”.

A portaria designa investigadores da Polícia Civil de Terenos e Rochedo. Sendo eles, Claudio Alberto Gomes e Judite Bertulino Né Barros.

A ação é fruto da mobilização acordada na reunião entre autoridades, que aconteceu na Câmara Municipal de Sidrolândia, no dia 14 de setembro, por intermédio do Deputado Estadual Gerson Claro (PP), a prefeita Vanda Camilo (PP) e a Câmara Municipal, através dos vereadores Adavilton Brandão (MDB), Joana Michalski (PSB) e Juscinei Claro (PP).

Participaram da reunião na data, os vereadores, a prefeita municipal Vanda Camilo (PP), o deputado estadual Gerson Claro (PP), o presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Waltemir Ferreira Ribeiro, a promotora de Justiça, representando o Ministério Público, Daniele Borghetti Zampieri, o Juiz da 3ª Vara Criminal de Sidrolândia, Claudio Muller Pareja, a delegada de Polícia Civil, Thais Duarte, representando o delegado Diego Dantas, o coronel da Polícia Militar André Henrique de Deus Macedo, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), entre outras autoridades e o comando da Polícia Civil e Polícia Militar.

Os policiais têm até 10 (dias) a partir da data de publicação da portaria para se instalarem na cidade e iniciarem os trabalhos em prol da elucidação dos crimes em Sidrolândia.

Cb image default
Divulgação
Cb image default
Divulgação

social aqui