25 de Setembro de 2021 | 12:51
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/13050_1.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Noticias
Noticia de: 22 de Julho de 2021 - 10:27
Fonte A - A+

Educação adequa novo “Currículo de Referência Municipal de Sidrolândia”

O currículo servirá como base para as escolas elaborarem o Projeto Político Pedagógico

Coordenadora executiva e pedagófica da Seme, Vanessa Christ. (Foto: Suélen Duarte)

Para direcionar e adequar o processo de ensino aprendizagem dos mais de 8 mil alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Sidrolândia, através da Secretaria Municipal de Educação (Seme), realizou a adequação do “Currículo de Referência da Educação Municipal de Sidrolândia”.

O novo documento tem como princípio o Programa Federal Base Nacional Comum Currícular e contou com a participação de 84 professores, sendo da Educação Infantil, Educação do Campo, Educação Indígena, Ensino Fundamental, e profissionais que são membros da adequação do documento normatizador, sendo eles: Vanessa Christ (Coordenadora executiva e pedagógica da Secretaria Municipal de Educação); Rodrigo Jhonny Cabral (Supervisor de Ensino); Rita de Cássia (Supervisora de Ensino); Romeina Lucineri dos Santos (Supervisora de Ensino).

A coordenadora executiva e pedagófica da Seme, Vanessa Christ, falou da importância da adequação do novo currículo. “Independentemente da unidade escolas que ele for, em qualquer estado, ele estará dentro da mesma proposta. Antes, cada estado produzia o seu currículo de acordo com a sua realidade, ainda é dessa maneira, mas agora tem a Base Nacional para unificar”, disse.

O supervisor de ensino, Rodrigo Cabral, completa “o conteúdo será o mesmo, somente a forma de ensino que mudará, por conta de que cada município tem a suas particularidades”.

De acordo com eles, a grande mudança que aconteceu é que, antes, o professor era detentor do conhecimento e agora há uma troca, entre professor e aluno, os saberes são compartilhados.

“Antes, o “artista” era o professor e agora isto se inverteu, o aluno é o protagonista. Então, as aulas começam trazendo o que o aluno tem de conhecimento base e construindo com a mediação do professor, que passa de ser o detentor passa a ser o mediador, são trocas de experiências”, afirma Vanessa.

Ela explica que existe a Base Nacional, no entanto, cada estado normatizou o seu currículo. “Sidrolândia foi um dos parceiros na adequação do currículo do estado e, quando adequamos o nosso, algumas propostas foram alteradas para a nossa realidade. Este currículo servirá como base para as escolas elaborarem o projeto político pedagógico”, explicou.

O novo currículo foi homologado nesta quinta-feira (22), no Diário Oficial da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). Em breve, será lançado oficialmente pela Prefeitura. 

Assessoria de Comunicação 

social aqui