24 de Outubro de 2021 | 10:24
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/12932_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 28 de Junho de 2021 - 10:50
Fonte A - A+

Açougueiro atira contra genro e depois passa com carro por cima da esposa em MS, diz polícia

Vítima teria ido até a casa do genro para pedir socorro, porém, marido foi atrás e eles brigaram. Homem atirou, mas, arma falhou e ele depois atropelou a mulher. Suspeito está foragido.

Um açougueiro, de 46 anos, está sendo procurado pela polícia após brigar com a esposa no assentamento Vale do Sol, saída para Rochedinho, em Campo Grande, nesse domingo (27). Segundo a investigação, ele também atirou contra o genro, porém, como a arma falhou, ele pegou o carro e passou por cima da esposa.

Por volta das 16h (de MS) ele iniciou a discussão com a vítima, de 30 anos. Ela então correu para a casa do genro e pediu socorro. Em seguida, o suspeito chegou no local com uma carabina em mãos, fazendo ameaças e um disparo na direção dele, porém, a arma falhou.

Eles começaram uma briga e o homem foi desarmado, momento em que pegou o carro e passou por cima da esposa dele. A Polícia Militar (PM) foi acionada, mas, não o localizou.

A vítima foi levada para a Santa Casa. Segundo a delegada Fernanda Piovano, plantonista da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), a polícia aguarda o depoimento da vítima e faz buscas pelo suspeito nesta segunda-feira (28).

Conforme a assessoria de imprensa do hospital, a mulher foi levado pelo Corpo de Bombeiros e deu entrada às 18h35 (de MS), com "história de atropelamento após desentendimento familiar". Ela reclamou de dores e foi constatado o trauma em região abdominal, de antebraço e tornozelo esquerdo.

Nesta manhã (28) a vítima está na área verde do pronto-socorro, consciente, orientada e estável, sendo avaliada pela equipe da cirurgia geral devido trauma abdominal e aguarda avaliação da ortopedia.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e ameaça.

G1MS

social aqui