24 de Outubro de 2021 | 10:58
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/12644_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Rural
Noticia de: 27 de Abril de 2021 - 18:51
Fonte A - A+

Colheita de soja bate recorde de produção e atinge 13 milhões de toneladas em MS

Produção ocorreu em 3.529 milhões de hectares cultivados com a soja, aumento de apenas 4% em relação a safra passada. Semagro e Aprosoja apontam pesquisa e tecnologia como responsáveis pelo salto de produtividade.

A safra de soja dos anos 2020/21 bateu recorde e Mato Grosso do Sul colheu 13 milhões de toneladas do grão no período, superando as previsões iniciais. Os dados foram anunciados nesta terça-feira (27), pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e pela Associação de Produtores de Soja de MS (Aprosoja/MS).

O volume de 13,305 milhões de toneladas de soja produzidas no estado representa um recorde histórico, já que é 17,8% maior que as 11,325 milhões de toneladas colhidas na safra 2019/2020. A produtividade também surpreendeu, fechando em 62,8 sacas por hectare, segundo dados do projeto Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA/MS).

A produção se deu em 3.529 milhões de hectares cultivados com a soja, aumento de apenas 4% em relação a safra passada. "Os números revelam que demos um salto de produtividade nesta safra, reflexo do investimento em pesquisa e tecnologia feito pelos agricultores", destaca André Dobashi, presidente da Aprosoja/MS.

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, destacou a modernização do ciclo produtivo. "A tecnologia se faz com pesquisa, com o produtor adotando essas informações e com crédito no momento correto. Agradecemos aos produtores que têm feito esse trabalho excelente que representa aumento da atividade econômica de todo o Estado", finaliza.
G1MS

social aqui