24 de Fevereiro de 2021 | 22:54
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/12200_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Saúde
Noticia de: 22 de Janeiro de 2021 - 09:06
Fonte A - A+

Prefeitura de Batayporã esclarece critérios para vacinação contra Covid-19

Foram necessárias readequações após diminuição da quantidade de vacinas enviadas aos municípios de MS

Iniciada nesta semana, a vacinação contra a Covid-19 em Batayporã abrange os idosos internados no Lar Santo Antônio e profissionais de Saúde que têm trabalhado no enfrentamento ao novo Coronavírus. O público-alvo corresponde às orientações do Ministério da Saúde para a primeira etapa da campanha.

De início, a previsão da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES-MS) era destinar 606 doses à cidade. A informação foi publicada no Plano Estadual Conjunto de Distribuição de Imunizantes e Insumos Contra a Covid-19. Todavia, com a redução da quantidade de vacinas enviadas à SES pelo Governo Federal, foi necessária uma readequação nos 79 municípios.

Conforme pode ser conferido em tabela publicada pela SES, Batayporã recebeu 198 doses do imunizante. O recebimento da vacina foi feito em ato público. Dividida em duas doses, ainda de acordo com a tabela, a vacinação em Batayporã contabiliza 99 pessoas e está sendo realizada da seguinte maneira:

- 59 doses para os trabalhadores em saúde (linha de frente);

- 8 doses para os trabalhadores em saúde da sala de vacinas;

- 12 doses para os trabalhadores de saúde em instituição de longa permanência;

- 20 doses para idosos residentes em instituições de longa permanência.

Os idosos moradores do Lar Santo Antônio já foram vacinados. O lar conta com 17 internos. Destes, 15 receberam a primeira dose e outros dois aguardam a imunização porque apresentam sintomas de Covid-19 e entram no grupo de contraindicação. “As doses estão armazenadas e reservadas para os mesmos. Assim que apresentarem melhora, serão vacinados”, explicou a secretária municipal de Saúde, Letícia Sanches.

Vale destacar que a estimativa do Ministério da Saúde para imunização dos trabalhadores em Saúde até o fim da primeira fase da campanha é de 161 profissionais. O quantitativo ministrado agora equivale a 37% deste total, o que também foi programado pela SES. A cobertura será ampliada e concluída gradativamente até o fim da primeira da campanha. “A prioridade é dos profissionais da linha de frente, mas todos serão vacinados”, complementou Letícia.

“As vacinas são ministradas respeitando o protocolo e garantindo a aplicação da segunda dose. Não é uma realidade só de Batayporã, mas uma dificuldade de todos os municípios. Estamos aguardando o envio das próximas unidades para continuarmos a campanha e, o principal, prosseguimos promovendo e cobrando as medidas de segurança”, ratificou o prefeito Germino Roz (PSDB).


Com informações Assessoria 

social aqui