28 de Outubro de 2020 | 20:15
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/11731_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 25 de Setembro de 2020 - 09:40
Fonte A - A+

Em meio a ação contra jogo do bicho, bancas não lacradas fecham nesta quinta-feira

Ordem teria vindo dos operadores do esquema, pressionado pelas ações das autoridades

Depois de serem alvos, na quarta-feira (23) do grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras), as barracas do jogo do bicho que não foram lacradas, nem abriram nesta quinta-feira (24).

A reportagem do Correio do Estado foi a algumas bancas do Jogo do bicho lacradas em ações da Operação Omertà. Durante a passagem, algumas pessoas relataram que as bancas ainda não atingidas estão fechadas.

Segundo os moradores, que não quiseram se identificar, a ordem partiu dos chefões do esquema e o que não foi lacrado deve ficar fechado.

Até o momento, a operação apelidada de Black Cat (Gato Negro em inglês) informou que 22 pessoas foram conduzidas e mais de 60 bancas foram fechadas. O jogo do bicho é uma atividade considerada ilegal no Brasil assim como rompimento de lacres postos elas autoridades.

De acordo com o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), em nota divulgada na manhã desta quinta, a maioria das barracas está instalada em passeios públicos na Capital, o que gera infração administrativa, além das implicações relativas à atividade.

Outra prática comum, é o funcionamento de pontos dentro de estabelecimentos comerciais. Segundo a nota, isso configura em infração penal e administrativa.


Com informações Correiodoestado

social aqui