06 de Abril de 2020 | 01:58
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/10740_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 20 de Fevereiro de 2020 - 09:00
Fonte A - A+

Deputado muda versão sobre suposto atentado e diz que foram nove tiros de submetralhadora

Ele usou a Tribuna da Câmara Federal e atribuiu o suposto atentado ao crime organizado de MS

O deputado federal Loester Trutis (PSL/MS), o Tio Trutis, usou a Tribuna da Câmara Federal, nesta terça-feira (18), e disse que o carro em que estava junto à equipe foi alvejado por nove tiros de submetralhadora .40 no último domingo. O parlamentar mudou a versão inicial divulgada na rede social.

Trutis fez diversos comentários sobre o suposto atentado e atribuiu a autoria a um grupo responsável pelo crime organizado no Estado. Ele não citou nomes ou indicou os autores, mas disse que o grupo financia políticos de Mato Grosso do Sul.

“Eu e minha equipe sofremos uma emboscada, e o nosso veículo foi atingido nove vezes. Com a graça de Deus, com a habilidade do meu motorista e graças à pistola 380 a qual eu portava, eu estou vivo", disse.

O deputado novamente não deu detalhes sobre a dinâmica do suposto atentado e citou manchetes da imprensa local para afirmar sobre a atuação de tráfico de drogas e armas no estado. 

Insinuações

O deputado afirmou que tem orgulho do Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro) de MS e fez acusações diversas sem citar nomes. “Tenho orgulho do Garras que teve coragem de se opor a uma família, que há 30 anos financia campanhas políticas, e fez vereadores, fez deputados estaduais, fez os três últimos governadores do meu estado. Então isso é muito grave, aonde o crime organizado financia a política e agora tenta calar os deputados que se opõem e a Polícia, que se opõe a esses desmandos”.


Com informações topmidíanews

social aqui