19 de Setembro de 2020 | 08:46
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/10672_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Mundo
Noticia de: 06 de Fevereiro de 2020 - 15:39
Fonte A - A+

Médico que alertou o mundo do coronavírus morreu nesta quinta

O diretor executivo da OMS lamentou a morte do doutor durante reunião da Organização

O médico chinês Li Wenliang, 34 anos, um dos primeiros a identificar o novo vírus, teve sua morte anunciada nesta quinta-feira (6) durante uma reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O oftalmologista do Hospital Central de Wuhan, epicentro do coronavírus, é apontado como um dos primeiros profissionais a identificar o surto na cidade e alertar as autoridades locais.

No final de dezembro, o médico compartilhou uma mensagem com seus colegas de trabalho alertando sobre o possível surto de uma doença igual à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARs-CoV), que matou mais de 700 pessoas nos anos 2000.

Além do alerta, Wenliang também recomendou os colegas a usarem equipamentos de segurança para evitarem a contração do novo vírus e a disseminação.

Após a repercussão da mensagem, ele e mais oito médicos foram investigados pela polícia chinesa sobre “espalhar boatos” e causar pânico na população sobre a epidemia do coronavírus na China.

Durante o discurso , o diretor executivo da OMS, Mike Ryan, lamentou a morte do médico, mas não informou a fonte da informação. “Estamos muito tristes com a morte do doutor Li Wenliang. Precisamos celebrar o trabalho que ele fez no surto de 2019-nCoV."

O canal estatal chinês também lamentou a morte do médico. Entretanto, em um post em uma rede social popular na China, o hospital que trata Li disse que ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Após a publicação do hospital, o canal estatal apagou a publicação que anunciava a morte dele.

Li Wenliang foi infectado pelo coronavírus no início deste ano enquanto tratava de uma paciente, ainda no começo do surto. Ele tem 34 anos, é casado e tem uma filha de cinco anos.

Com informações Jd1 notícias

social aqui