23 de Fevereiro de 2020 | 08:22
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/10612_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 23 de Janeiro de 2020 - 17:33
Fonte A - A+

Adolescente atira acidentalmente com espingarda e mata amigo de 13 anos em MS

Arma estava em cima de guarda-roupas, quando adolescente pegou e passou a manusear

Um adolescente de 13 anos de idade morreu aps ser atingido por um tiro acidental de uma espingarda no incio da tarde desta quinta-feira (23). O caso ocorreu na cidade de Rochedo, a 81 quilmetros de Campo Grande. A Polcia Civil est no local. O pai do menor que atirou ser indiciado por posse ilegal de arma de fogo e omisso da cautela na guarda de arma de fogo.

No incio desta tarde, o adolescente estava em casa com o amigo de 13 anos, quando pegou a arma do pai, que estava em cima do guarda-roupas. A espingarda era modificada para calibre 22, com capacidade de uma munio por vez. Na curiosidade, ele passou a manusear essa espingarda, que estava com uma munio, explicou o delegado de polcia em Rochedo, Valmir Moura F. Durante esse manuseio, houve um tiro acidental, sendo que o amigo estava na frente e foi atingido na cabea.

O menor no resistiu e morreu no local. A Polcia Civil esteve na residncia, realizou os procedimentos necessrios e liberou o corpo para ser levado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) em Campo Grande. A espingarda tambm foi apreendida e ser periciada. O menor que fez o disparo ser ouvido pela polcia, na presena dos pais, afirmou Moura F.

O pai do adolescente ser indiciado pelo posse ilegal de arma de fogo. Aguardarei o resultado da percia para saber sobre a modificao da arma para indici-lo, destacou o delegado. O pai tambm poder responder por omisso de cautela na guarda de arma de fogo quando a pessoa que tem o posse deixa de observar e manter cautelas necessrias para impedir que menor de 18 anos ou pessoa portadora de deficincia mental se apodere de arma de fogo.

J o filho que atirou acidentalmente ser indiciado pelo ato infracional equiparado a homicdio culposo. O caso segue sendo investigado pela Polcia Civil.

O delegado afirmou que as famlias dos adolescentes eram amigas e esto abaladas com o caso. Como so menores de idade, o nome dos envolvidos foi preservado pela reportagem.

Midia Max 

social aqui