26 de Fevereiro de 2020 | 01:32
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/10496_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Policial
Noticia de: 03 de Janeiro de 2020 - 15:35
Fonte A - A+

Delatora entrega universidade: 100 mil reais por vaga e expansão para MS

Você quer vaga com ou sem Fies? Preço variava conforme demanda do aluno

A Universidade do Brasil, de José Fernando Pinto da Costa, cobrava 100 mil reais por vaga e planejava expansão para a fronteira de Mato Grosso do Sul. A informação é da ex-diretora Juliana da Costa e Silva, que fechou delação premiada com o Ministério Público Federal.

Já conhecido como ‘Rei do Fies’, José Fernando foi homenageado em MS, como ‘Homem do Ano’ de 2018 pelo Lide – Grupo de Líderes Empresariais.

Conforme a delação premiada, a Universidade do Brasil cobrava R$ 80 mil por uma vaga na faculdade de Medicina. Esse valor chegava a R$ 100 mil, no caso de uso do Fies.

A diretora ainda entregou que José Fernando pretendia abrir campus em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai. O curso aberto seria de medicina, grande ‘chamariz’ da falcatrua.

José Pinto e o filho Sthefano foram presos em setembro ano passado após uma operação que contou com mais de 250 agentes da Polícia Federal, mas acabaram soltos em outubro. A investigação aponta um complexo esquema de fraude no ensino, com direito a departamentos exclusivos para a operação, até para mantê-la longe dos radares policiais. 

O advogado da dupla, Pierpaolo Cruz Bottini, nega qualquer envolvimento dos clientes na falcatrua.


Com informações Jd1 notícias

social aqui