24 de Janeiro de 2020 | 20:47
noticiasdiariodoms@gmail.com
-->

Warning: getimagesize(/home/diaridoms/public_html/fotos/noticias/10393_0.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/diariodoms/public_html/inc.exibe.php on line 49
Geral
Noticia de: 09 de Dezembro de 2019 - 08:40
Fonte A - A+

Usina Eldorado paga indenização de R$100mil a sociedade

Empresa já pagou mais de R$15 mi em indenizações por descumprimento de lei

A Usina Eldorado S.A., do grupo Odebrecht Agroindustrial, realizará a indenização de R$100 mil por reincidir em irregularidades trabalhistas. O compromisso foi firmado com o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT-MS).

A quantia será investida em projetos sociais, como modo de restituir direitos atingidos da legislação trabalhista. Entre eles, o montante pode ser direcionado ao projeto Energia Social, que oferece melhores condições de empregabilidade as mulheres de Glória de Dourados, Deodápolis e Nova Alvorada do Sul.

A empresa, fundada em 2007 na zona rural do Município de Rio Brilhante, comercializa etanol e açúcar VHP.

Além da indenização, a Usina Eldorado ainda assumiu a obrigação de observar a concessão de descanso semanal remunerado aos seus empregados, sob pena de multa no valor de R$ 750 por trabalhador prejudicado.

As infrações

Auditores fiscais realizaram diligências na Usina Eldorado, em 2017, e constataram diversas irregularidades nos campos de saúde e segurança do trabalho.

Além da prorrogação da jornada normal de trabalho sem qualquer justificativa, movimentação aérea de materiais sobre trabalhadores,o deslocamento do guincho para ponte rolante era feito sem sinalização e isolamento da área, foram algumas falhas apontadas em relatórios produzidos à época e que resultaram na lavratura de autos de infração.

No MS, nos últimos cinco anos, mais de R$ 17,4 milhões foram arrecadados por meio de condenações por dano moral coletivo, acordos judiciais e multas aplicadas por descumprimento de termos de ajustamento de conduta.

A grande parcela desse valor já foi revertida a instituições sem fins lucrativos ou programas/projetos que tenham finalidades filantrópicas, culturais e educacionais.


Com informações Jd1 noticias

social aqui